Problemas alimentares

Os problemas alimentares correspondem a um conjunto de distúrbios que têm como denominador comum, uma preocupação excessiva com o peso corporal, que gera comportamentos alimentares disfuncionais, com prejuízo para a saúde.

Trata-se de um conjunto de perturbações que envolvem emoções, atitudes e comportamentos excessivos em tudo o que se refere a peso corporal e a comida.

Dois exemplos comuns de perturbações alimentares, são o caso da anorexia nervosa e da bulimia nervosa, problemas psicopatológicos sérios que afetam principalmente as mulheres jovens. Ambos os quadros clínicos apresentaram uma tendência para o aumento da sua incidência. Estas perturbações de natureza emocional e física podem colocar a vida em risco.

Seja a vontade irresistível de comer de mais (bulimia), seguida de vómitos autoinduzidos ou purgação, ou um medo mórbido de engordar (anorexia), são situações complexas que beneficiam com abordagens psiquiátricas e psicoterapêuticas em modelos de auto ajuda e terapias familiares.